PORTAL CASA NOVA - LOGIN
LOGIN PCN

Salvador é a segunda capital do país com mais mortes violentas

0

O Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, divulgado na terça-feira (28), revelou que Salvador foi, entre os anos de 2020 e 2021, a segunda capital do país com mais mortes violentas por 100 mil habitantes. A capital baiana apresentou uma taxa de 55,6 mortes por 100 mil habitantes, atrás apenas de Macapá, capital do Amapá, que teve uma taxa de 63,2.

Os dados do anuário mostram ainda que, quando comparada ao período entre 2019 e 2020, a taxa de mortes violentas em Salvador teve um crescimento de 3,4%. Já a taxa nacional apresentou uma redução de 6%. São englobados nos registros de mortes violentas homicídios, latrocínios, lesões corporais seguidas de morte e também mortes cometidas pela polícia.

Das 27 capitais, 21 tiveram queda no número de mortes violentas. Entre as capitais nordestinas, São Luís foi a que apresentou a menor taxa, com 22,8 mortes por 100 mil habitantes. No sudeste, a capital menos violenta foi São Paulo, que apresentou uma taxa de 7,7. 

O município de Aurelino Leal, no sul do estado, está em terceiro lugar no ranking das 30 cidades brasileiras com as maiores taxas médias de mortes violentas intencionais entre 2019 e 2021. Com uma taxa de 144,2, o município baiano fica atrás apenas dos municípios de Jacareacanga (PA), com 199,2; e São João do Jaguaribe (CE), com 224,0.

O anuário aponta ainda que oito cidades baianas com mais de 100 mil habitantes fazem parte da lista de município que possuem as maiores taxas médias de mortes violentas intencionais entre 2019 e 2021. Elas são Feira de Santana, Simões Filho, Camaçari, Ilhéus, Alagoinhas, Juazeiro, Porto Seguro e Teixeira de Freitas.

O levantamento traz ainda a Bahia como o estado com a segunda maior taxa de mortes violentas intencionais, 44,9%, atrás somente do Amapá, com 53,8%.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar Aceito Leia Mais

Política de privacidade e cookies