O site e guia da cidade

Economizar energia elétrica? Especialista te dá dicas

0

Economizar energia elétrica? Especialista te dá dicas

Professor de Engenharia Elétrica orienta sobre ações que podem ajudar a diminuir o impacto no valor da conta de energia.

Com o anúncio do aumento da taxa da conta de energia para o mês de julho, que vai estar na bandeira tarifária vermelha patamar 2, muitos consumidores já começam a se preocupar com o custo a mais que terão nas despesas. E para poder evitar um maior impacto no orçamento só tem um segredo: economizar.

Consultado sobre dicas para diminuir o consumo de eletricidade, o professor do curso de Engenharia Elétrica da UNINASSAU Petrolina, Bruno da Hora, explica que um dos passos importantes é a atenção com os eletrodomésticos tradicionais. “Como sugestão temos a dica de revisar a borracha da geladeira, aquela de vedação, pois quando não está em bom estado, ela não veda corretamente, então, se perde energia. Outra situação bem comum é o ferro elétrico, que é interessante que a gente utilize para passar o máximo de roupa possível, porque depois que ele atinge aquela temperatura, ele mantém. Não gasta tanta energia do que quando a gente compara em relação a usar várias vezes durante o dia”, alerta Bruno.

De acordo com o professor, outra fonte de gastos desnecessários de energia são os equipamentos que ficam em stand-by (modo espera), como aparelhos de som e televisão. Nesses casos, sempre que possível, é interessante tirar os aparelhos da tomada ou desligar diretamente quando for passar um tempo maior sem utilizá-los

BannerGadsTop

O especialista também pede cuidado redobrado com o chuveiro elétrico, considerado um dos grandes vilões de alto consumo. “O uso desse chuveiro deve ser feito preferencialmente na posição “verão”, pois, essa posição gasta geralmente metade da potência da posição “inverno”. O chuveiro elétrico é um equipamento crítico em todas as casas, é um dos que mais gasta eletricidade. É dos itens que a gente já pode pensar numa boa economia”, afirma.

Para quem vai adquirir um novo eletrodoméstico, Bruno dá um conselho que pode fazer muita diferença no consumo final. “Existe o selo PROCEL que é o selo de eficiência energética, que é importante a gente sempre verificar e buscar adquirir o equipamento mais eficiente possível, que é o que está na escala A de indicação. São aparelhos que consomem menos para fornecer o mesmo serviço. Mesmo que às vezes um equipamento mais eficiente custe um pouco mais, a gente vai ter a diluição desse custo com a economia de consumo que vai ocorrer durante o uso diário”, destaca.

O reajuste na taxa tarifária de energia foi aprovado na terça-feira (29), pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A cobrança na conta de energia terá um aumento de 52%, com o valor extra passando de R$ 6,24 para R$ 9,49 a cada 100 kWh consumidos.

Deixe uma resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar Aceito Leia Mais

Política de privacidade e cookies