O site e guia da cidade

STF aprova e Brasil sediará a Copa América

0

- Anúncios -

O Supremo Tribunal Federal formou, nesta quinta-feira, uma cúpula majoritária a favor da realização da Copa América no Brasil. Em plenário virtual, os ministros rejeitaram as ações contrárias a suspensão do torneio sul-americano. Com o aval, a abertura da competição continua marcada para o próximo domingo.

Até o momento, sete ministros votaram em prol do Brasil se tornar sede oficial da Copa América. São eles: Marco Aurélio, Cármen Lúcia, Ricardo Lewandowski, Edson Fachin, Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Rosa Weber. A votação na Corte virtual será finalizada às 23h59 desta quinta-feira.

Ricardo Lewandowski, autor da ação apresentada pelo Partido dos Trabalhadores (PT), não votou contra o torneio. Entretanto, exigiu uma força-tarefa para viabilizar estratégias e ações “compreensivas e circunstanciadas para a realização segura” da Copa América.

O magistrado também determinou que governos do Distrito Federal e dos Estados do Rio de Janeiro, Mato Grosso e Goiás, assim como os municípios do Rio de Janeiro, Cuiabá e Goiânia, “apresentem ao Supremo Tribunal Federal, em igual prazo, plano semelhante, circunscrito às respectivas esferas de competência” para receberem os jogos.

No dia 31 de maio, o Partido Socialista Brasileiro (PSB), contrário a realização, entrou com processo após liberação do governo federal para o Brasil se tornar sede do torneio. A ação ponderava que a “intensa circulação” de estrangeiros acarretaria na maior propagação do vírus da Covid-19.

Já a suspensão protocolada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos, apresentada em primeiro de junho, argumentava que o Brasil não ostentava condições de sediar a competição “enquanto perdurar a necessidade de isolamento social, o estado de pandemia e de calamidade pública em razão da Covid”.

Lance

Deixe uma resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar Aceito Leia Mais

Política de privacidade e cookies