O site e guia da cidade

Após sequestro, Polícia Civil de Casa Nova consegue êxito com a liberação de vítima

0

Desde as primeiras horas em que o comerciante Antonio da Costa e Silva de Casa Nova foi sequestrado, a Polícia Civil trabalhava no intuito de conseguir êxito na liberação da vítima.

Hoje a tarde, terminou com êxito o trabalho realizado pela Polícia Civil do município de Casa Nova. A mesma conseguiu a liberação da vítima por volta das 16h30 horas de hoje.

O comerciante, nesta segunda-feira (21), trafegava em companhia de uma parente da família na sua caminhonete Hilux, na estrada vicinal da BR 235, sentido Casa Nova/Remanso, quando próximo da região da antiga Fazenda Camaragibe – 50 km da sede de Casa Nova (BA), quando no local que dá acesso do Povoado Cacimbas, foram interceptados por indivíduos que estavam numa Caminhonete S-10, cor preta, os quais estavam encapuzados e ambos portando armas de fogo.

De acordo com relatos, após serem rendidos, os suspeitos amarram a mulher e deixaram no local e levaram apenas Antonio. A mulher consegui se livrar das amarras, andou até o Povoado de Tanquinho onde foi socorrida e chegou até à cidade onde prestou as informações sobre o fato.

Segundo informações, na noite da segunda-feira (21), os autores efetuaram ligação telefônica para familiares da vítima e a situação persistiu até esta terça-feira, sendo efetuadas várias ligações dos autores para os familiares da vítima. O veículo da vítima foi localizado pela Polícia Militar e apresentado na DT de Casa Nova.

O CATI/NORTE deslocou para a DT de Casa Nova desde o início da manhã de hoje (22), onde foi providenciado o cumprimento do protocolo de Gerenciamento de Crise com o auxílio e orientação aos familiares e disponibilização do suporte necessário à situação, sendo empreendida por todo instante a Investigação e ação necessária com o objetivo de libertar a vítima com vida.

Após a atuação mencionada, a vítima foi libertada por volta das 16:15 horas, na Quadra E, Bairro Vila Azul,  conforme negociações realizadas  por policiais envolvidos na negociação entre sequestradores e parentes da vítima, sem qualquer pagamento de prêmio pelo resgate e com a integridade física da vítima totalmente preservada.

Foram colhidos depoimentos de familiares e testemunhas e, por último, da vítima, que foi submetida a exame de lesões e entregue aos familiares.

Fonte: DT CASA NOVA

Deixe uma resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar Aceito Leia Mais

Política de privacidade e cookies