O site e guia da cidade

Servidores públicos notificam deputados contra inconstitucionalidades da Reforma Administrativa

0

- Anúncios -

Servidores públicos notificam deputados contra inconstitucionalidades da Reforma Administrativa

A Confederação Nacional dos Servidores Públicos (CNSP) e 15 entidades que, juntas, representam mais de 1 milhão de servidores públicos – ativos, aposentados e pensionistas – em todo o Brasil enviaram ofício intitulado “Mandado de Cidadania” a todos os 513 deputados federais, solicitando que eles votem contra a Reforma Administrativa proposta pelo Governo Federal.

O Fórum das Entidades busca apoio dos parlamentares para impedir o governo de alcançar os 308 votos necessários (3/5 do total de deputados) para a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 32/2020, “rejeitando-a em razão das diversas inconstitucionalidades e ofensas aos direitos adquiridos constantes da Constituição Federal”.

O Mandado de Cidadania destaca nove temas negativos para o funcionalismo público, que precisam ser amplamente discutidos antes da análise do projeto. Entre eles estão: vigência e abrangência da reforma, além de questões relativas ao ingresso na carreira, estabilidade, desligamento, acumulação de cargos, remuneração, benefícios vedados e governança.

A manifestação da CNSP e das demais 15 entidades também defende que a tramitação da PEC 32/2020 seja “presencial e não virtual, após a pandemia e respectiva vacinação, ressaltando a importância das alterações e reflexos fundamentais na Administração Pública”. Os posicionamentos dos deputados serão registrados, acompanhados e comunicados aos servidores públicos, com transparência. 

Confira a lista de entidades signatárias do Mandado de Cidadania:

  • Confederação Nacional dos Servidores Públicos (CNSP);
  • Associação de Base dos Trabalhadores do Judiciário do Estado de São Paulo (Assojubs);
  • Associação de Professores Aposentados do Magistério Público do Estado de São Paulo (Apampesp);
  • Associação dos Assistentes Sociais e Psicólogos do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (AASPTJ-SP);
  • Associação dos Escrivães de Polícia do Estado de São Paulo (Aepesp);
  • Associação dos Oficiais de Justiça do Estado de São Paulo (Aojesp);
  • Associação dos Serventuários de Justiça dos Cartórios Oficializados do Estado de São Paulo (ASJCOESP);
  • Associação dos Servidores Aposentados e Pensionistas da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Aspal);
  • Associação dos Servidores do Judiciário do Estado de São Paulo (Ajesp);
  • Associação dos Servidores do Poder Judiciário do Estado de São Paulo (Assojuris);
  • Associação dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (ASSETJ);
  • Associação Paulista dos Técnicos Judiciários (Apatej);
  • Federação das Entidades de Servidores Públicos do Estado de São Paulo (Fespesp);
  • Federação Nacional dos Servidores dos Poderes Legislativos Federal, Estaduais e do Distrito Federal (Fenale);
  • Pública Central do Servidor;
  • Sindicato de Especialistas de Educação do Magistério Oficial do Estado (Udemo).
Antonio Tuccilio

Deixe uma resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar Aceito Leia Mais

Política de privacidade e cookies