Facebook sofre boicote de patrocinadores e perde mais de US$ 74 bilhões

Levi’s, Coca-Cola, Honda e Ben & Jerry’s estão na lista de marcas contra a empresa, que gera 98% de sua receita por meio de anúncios

A crescente lista de empresas que decidiram boicotar o Facebook já rende um prejuízo de mais de US$ 74 bilhões para a empresa de Mark Zuckerberg.

Somente na sexta-feira (26), as ações do Facebook sofram uma forte desvalorização, despencando de US$ 235,68 para US$ 216,08 nos negócios da Bolsa eletrônica americana Nasdaq.

O boicote de parte dos seus patrocinadores ocorre em adesão ao movimento Stop Hate For Profit (pare de dar lucro ao ódio, em tradução livre), que começou no dia 22 de junho e pede que as empresas deixem de anunciar no Facebook durante o mês de julho.

Ja integram o movimento empresas como Levi’s, Coca-Cola, Honda, Unilever, Verizon, The North Face, Patagonia, REI e Ben & Jerry’s.

“Todo mundo pediu ao Facebook para tomar medidas mais rigorosas para impedir que suas plataformas de mídia social sejam usadas para dividir nossa nação, anular os eleitores, incentivar e alimentar o racismo e a violência e minar nossa democracia”, escreveu a Ben & Jerry’s.

Gerando 98% de sua receita por meio de anúncios, o Facebook reagiu e informou que vai começar a marcar posts que violem as suas regras, bem como acrescentar um link informativo a postagens de campanha eleitoral nos EUA, direcionando os usuários a informações oficiais. Com informações do UOL e da BBC.