Brasil vira pra cima da França e vai à final do Sub-17

Seleção começa desligada e muda postura na segunda etapa para se garantir vaga na final do Mundial da categoria

Que jogo! O Brasil venceu a França por 3 a 2, de virada, e garantiu a classificação para a grande final do Mundial sub-17. Na raça, Seleção faz segundo tempo muito bom, no estádio do Bezerrão, e superou o começo ruim na partida. Kaio Jorge, Veron e Lázaro marcaram para Amarelinha. Pelo lado francês, Kalimuendo-Muinga e Mbuku anotaram os gols.

Brasil garante vaga na final vencendo França de virada - Divulgação/CBF
Foto: LANCE!

Com a vitória, o Brasil garantiu vaga na final contra o México. A Seleção Brasileira volta aos gramados para decidir o título do Mundial sub-17, no próximo domingo, às 19h.

A Seleção começou a partida desligada e dava campo para França jogar. Logo aos 5 minutos, Kalimuendo-Muinga recebeu um ótimo passe de Aouchiche e, livre diante de Matheus Donelli, bateu rasteiro para abrir o placar. Aos 12, os franceses ampliaram. Mbuku fez Grande jogada, tabelou com Pembele na esquerda, fez fila passando entre dois marcadores e chutou na saída de do goleiro para fazer 2 a 0. O Brasil não conseguia se impor e foi para o vestiário sabendo que precisaria mudar a postura para conseguir o empate.

A Seleção voltou com outra cara na segunda etapa e tomou conta da partida. Aos 16 minutos, após escanteio da esquerda, a zaga da França afastou mal, a bola voltou para área, Henri ajeitou e Kaio Jorge completou de cabeça para diminuir a diferença do placar. Aos 30, um gol que demonstrava a raça da equipe. Daniel Cabral fez grande jogada pela esquerda e cruzou para área. A zaga francesa dormiu, Yan bateu cruzado, o goleiro Zinga soltou a bola, e Veron não perdoou no rebote. O Brasil chegou na igualdade no placar exaltando disposição.

O jogo voltou a ficar aberto, a França saiu para tentar ficar a frente do placar novamente e quase conseguiu. Aos 42, Matsima marcou para a França de cabeça, mas o lance foi anulado pela arbitragem, por impedimento. No minuto seguinte, aos 43, a virada. Na cobrança do impedimento francês, o goleiro Matheus Donelli chutou a bola para o ataque, a bola sobrou para Lázaro, que dominou para tirar o marcador e chutar sem chance para o goleiro Zinga. Virada na raça do Brasil para garantir a vaga na final do Mundial sub-17.