Na manhã desta terça-feira (22) a sessão da Câmara de vereadores de Casa Nova foi bastante movimentada e a população compareceu em “massa” ao recinto.

Antes da realização da sessão da Câmara, ainda na manha de hoje, internauta de Santana do Sobrado postaram vídeo de uma “reunião” do prefeito com vereadores da situação, e em, discurso falava da obra que está em andamento na entrada da cidade. Não há informações porque do encontro logo de manhãzinha, tampouco se houve aviso prévio convocando população para tais explicações.

Com rumores de que os edis poderiam convocar um CPI para averiguar possíveis irregularidades na venda de um terreno, que, o advogado casanovense Paciel Coelho, denunciou, através de redes sociais, a gestão do prefeito da cidade de falsificar uma lei para garantir a venda do referido terreno, que fica localizado entre as agências dos Bancos do Brasil e Bradesco, no centro da cidade.

De acordo com Bel. existe manipulação de valores e documentos do terreno. O advogado disse ainda que a gestão, sob o comando do prefeito Wilker Torres, teria alterado o termo “doação”, já aprovado na Câmara, por “venda”, viabilizando assim um negócio para o citado terreno.

Diversas polêmicas envolvem a gestão de Wilker. A obra de reforma do antigo Sesp, desde os primeiros anos do seu Mandato, e que até hoje caminha a passos lentos, falta de estrutura e manutenção de estradas e várias queixas em redes sociais retratam uma situação de preocupação da população com a sobrevivência diária, prédios público sequer ganharam “pintura” (continuam com logomarcas de antigas gestões), até a mais recente venda deste terreno.

População na frente da Cãmara