PM apresenta a Delegacia acusado de matar a própria prima a golpes de faca - Portal Casa Nova - Notícias

PM apresenta a Delegacia acusado de matar a própria prima a golpes de faca

PM apresenta a Delegacia acusado de matar a própria prima a golpes de faca

Crime aconteceu no inicio da tarde de domingo, na região do Povoado Onça

Deivid tinha passagem pela Delegacia e cumpriu pena de 6 meses por trafico de drogas e receptação
A Polícia Militar apresentou a Delegacia Territorial de Conceição do Coité na manhã desta segunda-feira (5), o individuo Deivid Santos Santana, 21 anos, acusado de matar a golpes de faca por volta das 13h de domingo (4), a própria prima Kauane Pereira Santana, de 15 anos, na casa onde morava na localidade de Barro Vermelho, região do Povoado Onça, distante cerca de 5 km da sede do município.
Deivid, após esfaquear a prima fugiu e esteve sendo procurado pela PM e também pelos próprios familiares. Ao todo cerca de trinta pessoas realizaram verdadeira varredura em busca do assassino. “Nós fomos informados que ele estava na casa da mãe no Povoado de Onça por volta das 02h da madrugada de hoje, algumas pessoas ameaçavam arrombar a porta pra pegar ele, mas teve alguém que preferiu avisar a mãe que ligou para a Polícia que veio buscar”, contou ao Calila Notícias um dos tios da vítima e do assassino, enquanto estava na frente da Delegacia.
Outro tio lamentou o relaxamento de prisão do mesmo que chegou a ficar detido na Delegacia de Valente por seis meses. “Se fez tudo por ele, mas sempre preferiu o mundo do crime. A família lutou para tirar esse marginal e o resultado está ai, para fazer o mal a uma menina de ouro que vivia somente de casa pra escola e de casa para igreja”, lamentou.
Kauane cursava o 7º ano na Escola do Povoado Onça que suspendeu as aulas nesta segunda.
Ainda durante o tempo que esteve na Delegacia a equipe do Calila foi informado que só agora após a morte da jovem, uma pessoa teria revelado para família que Kauane era abusada por Deivid e que a ‘boa amizade’ de ambos não existia e que ela era forçada a mostra-se bem diante do primo, inclusive dando dinheiro para ele, sempre sob ameaças, “mas até antes da morte dela ninguém sabia, ela contou a uma amiga que revelou isso agora”, disse um familiar.
A Delegada titular Ludmila Andrade Araújo disse ao CN que Deivid foi preso dentro do prazo do flagrante e  confessou o crime e que ela já tinha preparado o inquérito e encaminharia ainda hoje para a Justiça. Ainda segundo a delegada, Deivid foi preso em 2017 pelos crimes de tráfico de droga e receptação. A delegada ouviu várias pessoas da família durante toda manhã.
Sentimento pela morte da jovem é geral dentro da família, mas o do avô parece ser maior entre todos.
“Parece que a metade do mundo desabou sobre minha cabeça’. Essa foi a frase encontrada pelo senhor Eduardo Dias de Santana, avô de Kauane para demonstrar o sofrimento pela perda de neta. Ao falar para o Calila disse que pra ele, depois da morte da neta, tanto faz viver como ‘ir embora’.
Senhor Du como é conhecido, revelou que o neto assassino sempre causou preocupação e que ele não tem culpa de sua soltura, pois, nunca foi a favor e chegou a revelar que temia que ocorresse uma maldade por parte do neto contra ele. “Cheguei a comentar com minha mulher, esse menino pode fazer uma arte comigo, sempre que chamo atenção dele, ele não gosta e fecha a cara. Não cruza o caminho comigo. Se ele for solto, ele volta a fazer a mesma coisa”, disse preocupado o aposentado.
Texto, Redação Calila Notícias, Adptado por Adailton Santana

deivid.jpeg (576×402)

Adailton Santana

Adailton Santana é Radialista profissional, com o Registro número RPR 8204/BA. Exerce a profissão há mais de 12 anos e é proprietário do Portal Casa Nova. Há 10 anos leva para o mundo, notícias e informações locais e regionais, tornando-se o site um dos sites mais bem acessados de Casa Nova e região.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta