Oposição dialoga e tenta formar grupo contrário a Wilker Torres

Ex-aliados e parceiros por anos na gestão da prefeitura de Casa Nova, agora, parece que o ex-prefeito Wilson Cota desbanca qualquer expectativa de estar aliado ou não ao gestor que o sucedeu, Wilker Torres.

Nos últimos meses, as farpas da ex-primeira Dama com asseclas do prefeito e até comentários do atual gestor, acerca de embates com Joelma Cota e o ex-prefeito Wilson Cota, deixam evidenciado um racha entre ambos e a confirmação de que o grupos do ex-prefeito Wilson Cota e outros políticos estão se alinhando para uma nova disputa à prefeitura de Casa Nova no ano que vem.

Fortes políticos como o deputado Zó (PCdoB), Isaac Carvalho – Ex-prefeito de Juazeiro, o Deputado Roberto Carlos (PDT), lideranças políticas locais e comerciantes influentes na cidade, se reuniram nos últimos dias e tem tentado traçar uma aliança para concorrer ao pleito de 2020.

“Estamos sempre dialogando e pensando no futuro de Casa Nova. Foi com esse propósito que hoje me reuni com os deputados Roberto Carlos e Zó, além do assessor do governador Isaac Carvalho, oportunidade que tratamos de diversas demandas de nossa cidade. Quero aqui também registrar a presença de Galdino Araujo que tem demostrado o mesmo pensamento em favor de Casa Nova”. Disse o ex-prefeito em publicação no Facebook.

Wilker, que consegui eleger o irmão TUM como deputado, filho de Casa Nova, quiça não se elegesse seria fracasso, pois, o deputado que se dizia ser filho de Casa Nova nos últimos anos negou suas origens e segundo informações de casanovenses sequer os recebia em seu gabinete em Salvador, se elegendo na Câmara Federal, porém como pequena expressão em Casa Nova, vê o prefeito, a sua gestão ficar ao “léu”, caso não consiga provar aos casanovenses que merece mais um voto de confiança daqueles que o elegeram para tentar resolver os problemas de Casa Nova e região, que não são poucos.

Difícil fica analisar este cenário-político local, pois, quem se une na oposição são figuras da política  já conhecido dos casanovenses e que tiveram oportunidade de provar e fazer história no município – se reeleger, pois, desde que fundada a nova Casa Nova nenhum prefeito até então conseguiu tal anuência da população.

Haja reuniões, discussões, conversas, alianças, daqui para o ano vindouro muita coisa pode acontecer.

.