O site e guia da cidade

Construção Civil e Serviços lideram a geração de empregos em junho na Bahia

0

Construção Civil e Serviços lideram a geração de empregos em junho na Bahia

A Construção Civil e os Serviços foram os setores da economia que mais geraram emprego em junho, na Bahia, com respectivamente 1.563 e 934 novos postos de trabalho. As informações são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), sistematizadas pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), vinculada à Secretaria do Planejamento (Seplan). No primeiro setor, o destaque foi “Obras para geração e distribuição de energia elétrica e para telecomunicações” com um incremento de 907 novos empregos. Já em Serviços, “Atividades de Atendimento Hospitalar” ficou com a primeira colocação com 875 postos de trabalho.
“Vale destacar que a Bahia ocupou a primeira posição dentre os estados nordestinos e a quarta dentre os brasileiros em junho de 2019, com 2.362 novos postos com carteira assinada. Já no acumulado do ano, o Estado gerou 29.406 novos postos de trabalho. Este resultado fez com que a Bahia ocupasse, nestes seis primeiros meses do ano, a quinta posição no país e a primeira na região nordestina quanto à geração de empregos”, destaca o secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro, que atribui a liderança da Bahia na geração de emprego às políticas públicas do Governo do Estado.
No Nordeste, cinco estados geraram postos com carteira assinada em junho. A Bahia (+2.362 postos) foi seguida por Maranhão (+2.001 postos), Piauí (+1.308 postos), Rio Grande do Norte (+1.237 postos) e Sergipe (+265 postos). Os outros estados da região apresentaram desempenho negativo: Alagoas (-861 postos), Paraíba (-795 postos), Pernambuco (-253 postos) e Ceará (-122 postos).
Acumulado do ano
 
No Nordeste, apenas a Bahia, o Maranhão (+5.670 postos) e o Piauí (+106 postos) totalizaram saldos positivos no acumulado do ano. Em contrapartida, seis estados nordestinos totalizaram acumulados negativos. Pernambuco (-23.676 postos) foi seguido por Alagoas (-23.506 postos), Paraíba (-7.654 postos), Ceará (-6.994 postos), Rio Grande do Norte (-5.115 postos) e Sergipe (-3.430 postos).
Ascom – Secretaria do Planejamento do Estado da Bahia

Deixe uma resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar Aceito Leia Mais

Política de privacidade e cookies