Em Juazeiro e Casa Nova, mais famílias são capacitadas para receberem cisternas de consumo humano

Constesf vai entregar mais de 220 cisternas para consumo humano nos dois municípios

Mais uma etapa do Projeto Cisternas está sendo executada nos municípios de Casa Nova e Juazeiro. Nos últimos dias, famílias das comunidades de Macambira, Melancia e Bem Bom, em Casa Nova, e das comunidades de Papagaio e Goiabeira II, em Juazeiro, participaram de curso de capacitação para receberem as tecnologias através do projeto desenvolvido pelo Consórcio Sustentável do Território do São Francisco (Constesf).

Os beneficiados, que receberão cisternas para consumo humano com capacidade para 16 mil litros, participaram de capacitação de gerenciamento de recursos hídricos, onde receberam orientações sobre convivência com o semiárido, agroecologia, funcionamento das cisternas e manutenção adequada da água, armazenada com o objetivo de melhorar a vida das famílias que necessitam conviver com a seca.

“O nosso curso foi muito bom porque a gente pôde conhecer a cisterna e muitas coisas que não sabíamos. Eu gostei muito de aprender a limpar a cisterna e a forma de acumular a água da chuva, antes eu não sabia, aqui em casa a gente guarda água em tambor e dorna”, declarou Edineide da Silva Neri, uma das beneficiadas da comunidade de Papagaio, em, Juazeiro. Edneide também comemorou estar sendo contemplada com a tecnologia. “A nossa comunidade não tem água boa para beber e cozinhar então a cisterna vai ser muito importante para nós que vamos ter água limpa que não vai ser desperdiçada quando chover”, disse.

De acordo com o Presidente do Constesf, o Prefeito de Canudos Genário Rabelo, o projeto, que é desenvolvido com apoio das prefeituras, vai entregar mais de 220 cisternas nos dois municípios. “Com apoio das prefeituras de Juazeiro e de Casa Nova estamos levando mais acesso à água de qualidade às famílias mais carentes da zona rural. Já foram entregues mais de 520 tecnologias nesses municípios e agora continuamos o trabalho para beneficiar mais 221 famílias nesta nova etapa”, informou.

Texto: Jacqueline Santos/ Ascom Constesf

[attach 1] [attach 2] [attach 3] [attach 4] [attach 5] [attach 6] [attach 7] [attach 8]