O site e guia da cidade

LAGOINHA, COMUNIDADE QUILOMBOLA DE CASA NOVA (BA), SEDIA FÓRUM DE IGUALDADE RACIAL

0

- Anúncios -

LAGOINHA, COMUNIDADE QUILOMBOLA DE CASA NOVA (BA), SEDIA FÓRUM DE IGUALDADE RACIAL

A comunidade quilombola Sitio da Lagoinha, primeira a ser certificada pela Fundação Cultural Palmares no município de Casa Nova (Ba), localizada a 600 km de Salvador, sediou, no dia 18 de novembro, o I Fórum de Igualdade Racial do município, com a participação de grande parte de seus 90 associados e muitos parceiros.
IFoto: Marcia Guena e Leonardo
O evento foi um grande passo para a construção de políticas públicas para a população negra, em particular para as comunidades quilombolas, de fundo e fecho de pasto. Três grupos de trabalho discutiram os temas educação e saúde; juventude. e diversidade. As propostas serão encaminhadas para a prefeitura.

Além de muita discussão, foi um encontro regado a emoção: a ancestralidade da comunidade emana de suas famílias que transmitem força e perseverança para todos. Em particular a matriarca, dona Rita, que tem a luta nos olhos e deixou essa herança para seu filho, José Henrique Souza, presidente da associação. Muitos outros nomes que conduzem o trabalho ali: Ricardo, Zemar Silva, Cláudio Melancia, Lameu…. a lista é grande. Ao final, uma roda de São Gonçalo alegrou e iluminou o evento.

As atividades aconteceram durante todo o dia e contaram com a presença de vários parceiros: a Secretária de Ação Social de Casa Nova, Maria da Silva Dias; Cláudio Melancia, representando a Secretaria de Cultura e uma representante da secretaria de Educação; além de representantes de outros órgãos.

Ainda estiveram presentes a diretora de Diversidade da Prefeitura Municipal de Juazeiro, Luana Luana Pereira Rodrigues; as professoras Márcia Guena e Ceres Santos, representando a Universidade do Estado da Bahia e o Conselho de Promoção da Igualdade Racial de Juazeiro; Danilo Moreira, representando o Movimento Antiracista do Vale do São Francisco; Valéria, pelo Coletivo de Assessoria Popular Luiz Gama, projeto de extensão da UNEB; e o presidente da Associação Quilombola do Alagadiço, Gregório Santos.

 

 

Foto: Marcia Guena e Leonardo
Por Marcia Guena via facebook

Deixe uma resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar Aceito Leia Mais

Política de privacidade e cookies