O site e guia da cidade

Nigéria oficializa a lei que criminaliza mutilação genital feminina

0

Em decisão histórica, o presidente Goodluck Jonathan aprovou a criminalização da mutilação genital feminina na Nigéria. Apesar da questão dividir opiniões, a lei federal representa uma mudança de postura do país da África Ocidental. Segundo o site Hypeness, a medida também prevê punição aos homens que abandonarem suas mulheres e filhos, o que vai contribuir para a diminuição da mutilação.

 

A ONU revelou em 2014 que o ato gera infertilidade, perda do prazer sexual, além de oferecer risco de morte causado por possíveis infecções. De acordo com os dados levantados por entidades de defesa dos direitos humanos, a mutilação feminina atingiu 25% das mulheres nigerianas entre 15 e 49 anos.

 

Em entrevista ao “The Guardian”, a diretora do núcleo de Gênero, Violência e Direitos do Centro de Pesquisas da Mulher, Stella Mukasa, declarou que a lei representa um avanço para os direitos das mulheres. “É crucial que continuemos com os esforços de mudanças de visões culturais que permitem a violência contra a mulher. Só assim esta prática agressiva terá um fim”, argumentou.

 

Deixe uma resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar Aceito Leia Mais

Política de privacidade e cookies