PORTAL CASA NOVA - LOGIN
LOGIN PCN

Bebeto cobra presença do estado para combater a violência contra os jovens

0

Segundo o 11º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, publicado na última semana, a Bahia foi o estado com o maior número de mortes violentas intencionais do país. De acordo com o estudo, somente em 2016, a Bahia registrou 7.110 casos de assassinatos intencionais – aumento de 12% em relação a 2015, e, entre as principais vítimas, estão os jovens negros moradores da periferia.

Só a presença efetiva do poder público pode ser capaz de iniciar o processo de diminuição dos números da violência na Bahia, avaliou o deputado federal Bebeto Galvão, do PSB da Bahia, nesta segunda-feira, (6), o que evidencia, de acordo com o parlamentar, a ausência de ações públicas que atenuem a situação. “Fui membro da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Genocídio da Juventude Negra e, andando e discutindo pelo Brasil, pude perceber que essa violência que esmaga nossos jovens se dá, sobretudo, pela ausência de políticas que amparem e deem oportunidades”, afirma.

“Quando há educação de qualidade, lazer, saúde, cultura, oportunidades de emprego, a tendência é de que a violência não tenha vez, mas isso não é realidade ainda na maioria das comunidades, na capital ou no interior. Violência se combate com trabalho, cultura, lazer e não com mais violência e repressão”, completou Bebeto.

Bebeto
Foto: Divulgação: Deputado Federal Bebeto Galvão.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar Aceito Leia Mais

Política de privacidade e cookies