PORTAL CASA NOVA - LOGIN
LOGIN PCN

Funcionários do Instituto Ivete Sangalo, na Bahia, fazem cadastro manual de pacientes após ciberataque

0

Local, em Juazeiro, é uma das unidades do Hospital de Câncer de Barretos, que foi alvo de hackers.

 

O ataque de hackers que atingiu o Hospital do Câncer de Barretos, em São Paulo, na terça-feira (27), também afetou todas as unidades da instituição, em outros estados, entre elas o Instituto Ivete Sangalo localizado na cidade de Juazeiro, no norte da Bahia. Apesar do ciberataque ter comprometido o atendimento de pacientes em São Paulo, na Bahia o serviço continua nesta quarta-feira (28). Contudo, os pacientes são atendidos de forma mais lenta, já que com os computadores inutilizados, os funcionários precisam fazer cadastro manual.

Com o ciberataque, além do problema no sistema dos computadores, alguns aparelhos médicos também correram o risco de serem inutilizados, como o mamógrafo. O aparelho que fica conectado com o sistema de rede do Hospital de Barretos, não estava com sistema integrado no momento do ataque e, por isso, não foi afetado. Já o aparelho de ultrassom é conectado a outro sistema e também não foi atingido pelo ciberataque.

O principal problema no Instituto Ivete Sangalo é semelhante ao que ocorre nas outras unidades. Quando os funcionários tentam acessar o banco de dados da unidade de saúde, aparece uma mensagem com pedido de resgate de 300 dólares em bitcoins – dinheiro digital usado para compra de produtos -, para liberar o sistema em cada computador.
g1

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar Aceito Leia Mais

Política de privacidade e cookies