PORTAL CASA NOVA - LOGIN
LOGIN PCN

AMIGOS DE LUIZ GONZAGA FAZEM PLANTIO DE UMBUZEIRO NAS MARGENS DO RIO SÃO FRANCISCO

0

O umbuzeiro, também conhecido como imbú  é  uma  planta nativa da caatinga, característica da região Semiárida  brasileira, Conhecida como  “Árvore  Sagrada  do  Sertão”,  é  motivo  de confraternização  educativa e de estímulo  à  conscientização e às ações de preservação ambiental.

Por este motivo o Grupo Amigos de Luiz Gonzaga dedicou o final de semana para realizar o Plantio do Umbuzeiro no Rio São Francisco. Com a presença dos cantores e compositores Targino Gondim, Flávio Baião, o ator/artesão Afonso José Conselheiro, “Seu Targino (pai de Targino Gondim”, empresário Diego Andrade e jornalista Ney Vital foi plantado o pé de umbu ao som da sanfona. A proposta é plantar uma árvore todo mês.

“Umbuzeiro velho “Veio” amigo quem diria Que tuas folhas caídas Tuas galhas ressequidas Íam me servir um dia/Foi naquela manhãzinha Quando o sol nos acordou que a nossa felicidade machucou tanta saudade que me endoideceu de amor/ Indiscreto passarinho solitário cantador descobriu nosso segredo acabou com nosso enredo/ Bateu asas e vou/ Hoje vivo pelo mundo tal o qual o vem-vem assobiando o dia inteiro quando vejo um umbuzeiro me lembro de você  meu bem”…

Luiz Gonzaga, numa composição de João Silva homenageou o pé de Umbu!

No cenário de vegetação quase sem vida, sem comida, o umbuzeiro exibe fartura. O umbuzeiro é a única árvore verde no meio da caatinga.  O segredo está embaixo da terra. As raízes têm batatas que funcionam como uma caixa d’água.

A água fica dentro da batata. E como são centenas de batatas enterradas, elas vão irrigando a árvore. As pesquisas calculam que um umbuzeiro grande chega a acumular 1.500 litros de água. É por isso que ele atravessa todo o período de seca verde e dando frutos. Fonte de vitamina C e até de inspiração para os poetas nordestinos. Nesta época o umbu é a salvação.

Mas até o umbuzeiro está sofrendo com a seca extrema. Segundo um estudo da Embrapa, em algumas regiões do Nordeste, como no sertão pernambucano, de cada quatro umbuzeiros, apenas um consegue sobreviver.

Fonte: bloggeraldojose

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar Aceito Leia Mais

Política de privacidade e cookies