Famílias da zona rural de Sobradinho são beneficiadas com primeira etapa do Projeto Cisternas do Constesf - Portal Casa Nova - Notícias

Famílias da zona rural de Sobradinho são beneficiadas com primeira etapa do Projeto Cisternas do Constesf

Reuniao Contesf
Reuniao Contesf
Nesta primeira etapa, o Constesf entregou cerca de 180 tecnologias sociais de convivência com o Semiárido

“Quando eu precisava de água, tinha que ir à casa do vizinho buscar para beber e hoje eu agradeço porque a cisterna que recebi já está melhorando a vida da minha família”,  essas foram algumas palavras do agricultor, Orlando Vieira, da comunidade de Lagoa Grande, um dos beneficiados com o Projeto Cisternas, uma iniciativa do Constesf, através de convênio com o Ministério de Desenvolvimento Social (MDS). Na manhã deste sábado (4), o presidente do Consórcio Sustentável do Território do São Francisco (Constesf) e prefeito de Sobradinho, Luiz Vicente Berti, realizou o encerramento da primeira etapa do projeto no município de Sobradinho, junto com demais autoridades políticas do município.
O Constesf, junto com o Centro de Assessoria do Assuruá (CAA), entregou cerca de 180 tecnologias sociais de convivência com o semiárido em Sobradinho, divididas entre cisternas para consumo humano, cisternas de produção e barreiros-trincheira. O Projeto já foi 100% concluído em Remanso e Curaçá e está sendo executando em Casa Nova, Pilão Arcado e Uauá, cumprindo com o objetivo de universalizar o acesso à água.
“Muita gente aqui estava precisando, a roça é nosso lugar e a gente nunca pode esquecer o lugar da gente. Para a gente que vive no meio da caatinga essa tecnologia já está ajudando muito, e hoje só tenho que agradecer ao prefeito e ao pessoal do consórcio por essa cisterna”, declarou Orlando Vieira.
Em sua fala, Luiz Vicente Berti destacou a importância do Constesf no cenário estadual. “Nós somos hoje o terceiro maior consórcio do estado da Bahia, pois estamos conseguindo trazer melhorias para o território do São Francisco. Ficamos satisfeitos em ver que essas 180 famílias já desfrutam do benefício em suas propriedades, deixando de realizar longas caminhadas para encontrar água. Em breve muitas outras também serão beneficiadas, não só em Sobradinho, mas em todo o nosso território”, salientou.
O Projeto Cisternas tem o objetivo de garantir às famílias do Território o acesso à água no período de estiagem, através da captação e armazenamento de água nos períodos de chuva. A meta é implantar, em todo o Território do São Francisco, 1556 cisternas de consumo humano, com capacidade para 16 mil litros; 1056 cisternas de produção agrícola com capacidade para 52 mil litros e 1048 barreiros trincheira para utilização agrícola e pecuária, com capacidade de armazenar 500 mil litros de água em regiões onde há dificuldade no acesso à água.

Ascom/Contesf

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta