PORTAL CASA NOVA - LOGIN
LOGIN PCN

Servidores municipais decidem pela continuidade da greve em Salvador

0

Assembleia da categoria foi realizada na manhã desta terça-feira (5).
Funcionários do município estão em greve há 22 dias por reajuste salarial.

Do G1 BA

Servidores municipais de Salvador votam em favor da continuidade da greve em assembleia realizada nesta terça-feira (5) (Foto: Divulgação / Sindiseps)Servidores municipais de Salvador votam em favor da continuidade da greve em assembleia realizada nesta terça-feira (5) (Foto: Divulgação / Sindiseps)

Após assembleia realizada na manhã desta terça-feira (5), na Câmara de Vereadores de Salvador, os servidores municipais da capital baiana mantiveram a greve da categoria que já dura 22 dias. A paralisação pede reajuste salarial de 17%.

Segundo a assessoria do Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Salvador (Sindiseps), após a assembleia, a categoria iniciou uma caminhada até a sede do Ministério Público, localizada na Av. Joana Angélica, bairro de Nazaré. Segundo a Transalvador, a caminhada não causou congestionamento no trânsito.

Ainda segundo o sindicato, na quarta-feira (6), outra assembleia será realizada em frente à sede da Secretaria Municipal de Gestão (Semge), no Vale dos Barris. Em seguida, por volta das 10h, a categoria pretende realizar outra caminhada até o Ministerio Público.

No sábado (2), foi publicada uma decisão do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), por meio da juíza plantonista Beatriz Martins de Almeida Alves Dias, determinando que a Prefeitura de Salvador pague de forma imediata os salários dos servidores municipais em greve.

Em contato com o G1, a Semge reforçou a informação de que ainda não repassou o salário dos funcionários, pois foi necessário fazer um reprocessamento na folha, mas que pretende respeitar o prazo para o pagamento, que é até o quinto dia últil do mês.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar Aceito Leia Mais

Política de privacidade e cookies