PORTAL CASA NOVA - LOGIN
LOGIN PCN

Alunos enfrentam falta de merenda e de cadeiras em escola na Bahia

0

Por causa da falta de estrutura, alunos de uma escola municipal no norte da Bahia tem duas opções para assistir as aulas: ou é cadeira quebrada, ou sentados no chão.
Dispensa vazia e alunos com fome. “Hoje não teve nenhum lanche. Nós vamos para casa com fome”, conta um estudante.

“Dificilmente tem merenda aqui, dizem que chega aqui, mas não tem. Não dão para gente, é muito difícil”, explica Nayane Rodrigues, estudante.

Além da falta de merenda, os 800 alunos da Escola Solon Xavier também sofrem com as péssimas condições de estrutura do local.

Uma sala, que está em construção há mais de um ano, deveria ser um Centro de Aprendizagem Tecnológica, mas a realidade é outra. Os estudantes assistem à aula, com o quadro no chão.

“É meio difícil né, tem vez que o cai o quadro e os outros alunos ficam bagunçando, atrapalha muito”, diz Kaiko de Souza, estudante.

A escola tem paredes rachadas e janelas quebradas. O teto já perdeu o forro e faltam cadeiras para os alunos.
“Às vezes a gente chega aqui e senta no chão porque depois não tem cadeira. E também está precisando de uma reforma urgente. Tem uma sala que ano passado a gente teve que sair porque o gesso caiu”, reclama Nayane Rodrigues, estudante.

As poucas cadeiras estão sucateadas. E os alunos precisam se contorcer para conseguir escrever. Um desconforto, que atrapalha quem quer aprender.

Weverton Santos da Silva, estudante 7 anos: Dói!
Bom Dia Brasil: E ai o que você faz?
Weverton: Eu tenho que escrever, eu não posso deixar sem escrever.

O Prefeito de Casa Nova disse que vai reformar as escolas em pior estado e que a Escola Solon Xavier vai fazer parte dessa lista, por motivos óbvios. A Prefeitura disse também que o dinheiro para a merenda havia sido bloqueado mas garante que as escolas agora pelo menos já voltaram a receber a merenda.

Conteúdo: g1

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar Aceito Leia Mais

Política de privacidade e cookies