PORTAL CASA NOVA - LOGIN
LOGIN PCN

Chesf e parceiras investem R$ 5,2 bilhões em eólicas no Nordeste. Casa Nova faz parte destes investimentos

0

- Anúncios -

Crédito: Arquivo

Com investimentos que somam R$5,2 bilhões, a Companhia Chesf está desenvolvendo dezenas de projetos voltados para energia eólica, a maioria em parceria com outras empresas, em diversas fases de implantação, para entrada em operação principalmente em 2015 e 2016. As obras são todas localizadas no Nordeste, área onde estão suas principais instalações – hidrelétricas, subestações e linhas de transmissão.
Na Bahia, já está em operação a Eólica Sento Sé, com capacidade instalada de 90MW, e que chegará a 150MW quando estiver concluída, até o final de 2016, em parceria com a Brennand Energia.
Também na Bahia, será construído o Complexo de Pindaí, em parceria com a Sequóia Energia, com 11 parques com capacidade de 164MW. E, no município baiano de Casa Nova está o maior investimento corporativo da Companhia, de R$930 milhões, com previsão de operação para 2015.
“Casa Nova é composto por três parques, com capacidade instalada de 180MW, 28MW e 26MW, somando 234MW. Será um dos maiores empreendimentos de geração de energia eólica do País”, disse o presidente da Chesf, Antônio Varejão. Ele acrescentou que Casa Nova é um investimento corporativo, ou seja, sem formação de Sociedade de Propósito Específico (SPE), como nos outros em que atua com parceiros privados. Em todas as parcerias, a Chesf entra com participação de 49%.
A energia gerada por Casa Nova I, II e III será suficiente para abastecer uma população de, aproximadamente, 1,6 milhão de habitantes.
Além da Bahia, onde já mantém boa parte de suas unidades de geração de energia a Chesf está de olho na diversificação de sua matriz energética e no aproveitamento das oportunidades em outros Estados do Nordeste. A empresa tem projetos de geração eólica no Piauí, Rio Grande do Norte, e Pernambuco.
Com R$1,6 bilhão previstos para investimentos, o Piauí deverá contar com dois complexos que, juntos, produzirão 390MW de energia elétrica, em parcerias com as empresas Contour Global e Casa dos Ventos. Ventos Santa Joana terá sete parques e Ventos de Santo Augusto, seis parques, a serem entregues em 2015 e 2016, respectivamente.
Em Pernambuco, a oportunidade está no município de Garanhuns, com um conjunto de quatro parques com capacidade instalada de 120MW, denominado Serra das Vacas, de R$480 milhões, em parceria com a PEC Energia, também para 2015.
Já no Rio Grande do Norte, na Serra do Mel, a Chesf está investindo um total de R$450 milhões, em parceria com os grupos Encalso-Damha e Voltália, no complexo eólico com quatro parques e capacidade instalada de 111MW.
Para o presidente da Chesf, todos esses investimentos são uma demonstração de força da empresa, que está buscando novas receitas para equilibrar suas contas, mantendo sua credibilidade no mercado.
jornaldaenergia

Deixe uma resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar Aceito Leia Mais

Política de privacidade e cookies