PORTAL CASA NOVA - LOGIN
LOGIN PCN

Manifesto em Casa Nova resulta em sessão a portas fechadas

0

Galeria vazia e povo do lado de foraOs manifestos ocorrem em Casa Nova desde o dia 18 do mês corrente, com os motins a aprovação pela Câmara de Vereadores de um Projeto do gestor municipal, mesmo após o anúncio de concurso público no próximo ano tomou proporções exorbitantes nesta terça-feira, (25 de junho), o Presidente da câmara (Zé Eduardo), decidiu realizar a sessão Ordinária sem a presença das pessoas no recinto, para evitar danos ao patrimônio público, por parte dos manifestantes que chegaram a bater nas portas da câmara, se fazendo necessário acionar a Polícia, e em seu discurso questionou a legitimidade das manifestações. “Há uma diferença entre as manifestações que acontecem em todo País e o que está acontecendo em Casa Nova, em todos os lugares os manifestantes querem distância de políticos e de partidos. Aqui não. Aqui quem incentiva, participa e comanda é o grupo político que perdeu as eleições e em tom de ironia, disse; encontrei Dona “Nicinha” (esposa do prefeito anterior, Orlando Xavier), terça feira passada entre os que vaiavam os vereadores protestando”. Disse.

 

 

O vereador Gerlon Cotta, da base aliada do prefeito insistiu-se na impossibilidade de realização do concurso e no compromisso assumido pelo prefeito Wilson Cota de realizá-lo, para todas as áreas, em 2014, além de ressaltarem que o atual gestor tem conduzido o município nestes seis meses, com “seriedade e compromisso”, afirmou o vereador.

 

De acordo com o vereador João Honorato, o Reda já é um avanço, porque na gestão passada nem sequer Reda existia, predominavam os contratos, frisando que é a favor do concurso público e que no momento o Reda se faz necessário. Afirmou.

 

Está marcada a última sessão da Câmara para sexta feira, a partir das 10h00min horas. Os manifestos prometem continuar nas ruas, a maioria dos vereadores apóia os movimentos desde que desde que pacíficas e ordeiras.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar Aceito Leia Mais

Política de privacidade e cookies