ITABUNA

Na manhã deste domingo, todos os integrantes da Câmara de Vereadores de Itabuna foram afastados. A justiça determinou o afastamento através de uma ação movida pelo Ministério Público. Todos os suplentes aptos foram convocados para tomarem posse.

 

Segundo denúncias, os edis estavam envolvidos em irregularidades com “farras” em congressos fictícios, desviando dos cofres públicos mais de R$200 mil.

O promotor, autor do processo, conseguiu contato com todos os hotéis onde os vereadores teriam se hospedado e adquiriu provas de que nunca os políticos haviam estado nos locais. Até então, o atual corpo legislativo não recebeu nenhum documento oficial comunicando a destituição dos cargos. Leia mais no www.politicalivre.com.br