O prefeito de Orocó (PE), candidato à reeleição, Reginaldo Crateú, o ‘Dédi’ (PT), foi afastado do cargo na terça-feira (07) por força de uma medida cautelar expedida pelo juiz da 77ª Eleitoral, Marcus Cesar Sarmento.

De acordo com o relatório do juiz, a medida é para “garantir que as eleições municipais de Orocó se realizem sem a utilização da máquina administrativa, em eventual beneficio ao candidato à reeleição, Reginaldo Crateú Cavalcante, ante as provas na inicial”.

Ainda no relatório, Sarmento se refere à última eleição na qual Dédi saiu vitorioso por uma diferença de apenas seis votos. A vice-prefeita, Dona Rosinha (PTB), pode assumir o cargo, mas se fizer isso terá que retirar sua candidatura a vereadora. O prefeito ainda pode recorrer da decisão.