A americana Pauline Potter, de 47 anos, nomeada a mais gorda do mundo pela edição deste ano do livro dos recordes, diz que perdeu 50 quilos graças a “maratonas de sexo” com seu ex-marido.

Pauline chegou a pesar 291 quilos, e diz que não conseguia nem ir ao banheiro sozinha. Depois de reatar a relação com seu ex-marido, ela disse que começou a ter sessões de sexo que gastavam até 500 calorias.

“Eu suo e gasto muitas calorias. Chamo de ‘sexercício'”, disse.

Em entrevista, o marido disse gostar das “maratonas”, mas que é preciso tomar cuidado. “Uma vez, quando ela ficou por cima, eu não conseguia respirar”, disse. via Cnews