No dia de sua despedida diante do torcedor do Vitória, Neto Baiano fez o que estava acostumado. Em um jogo difícil contra o CRB, o atacante tentou, lutou, errou e decidiu. Com um gol aos 40 minutos do segundo tempo (veja no vídeo ao lado), somou mais um na briga para ser o Artilheiro do Ano e deixou a Toca do Leão em grande estilo.

Visivelmente emocionado após os 90 minutos, o atacante teve que respirar por algumas vezes para segurar o choro e falar com tranquilidade. Cercado pelos jornalistas, apenas agradeceu e enalteceu o que viveu na Toca do Leão.

– Não tenho palavras. Estou muito triste e muito feliz por tudo. Agradeço a todo mundo do Vitória. Agradeço a Deus, a minha família, a meu empresário, a minha esposa, minha mãe e ao pessoal de Ituaçu (cidade no interior da Bahia onde o jogador nasceu). Daqui eu levo a amizade de todos, não só dos jogadores. Do pessoal da portaria, da tia da cozinha… Sei que estou com o dever cumprido.

Apesar de falar em tom de despedida, o atacante deixou no ar a possibilidade de fazer mais um jogo antes de se despedir definitivamente do Vitória. Com a negociação com o Kashiwa Reysol-JAP praticamente definida, o atacante disse que o acordo foi feito para viajar no dia 1º de agosto, mas pode adiar a ida ao Japão em três dias.

Caso o acordo para adiar a venda do jogador seja mesmo firmado, Neto Baiano poderá entrar em campo na terça-feira, quando o Vitória enfrenta o São Caetano pela 14ª rodada da Série B. E a partida pode não ser a última do atacante com a camisa do Rubro-Negro.

– Quero falar com o presidente para, antes de ir embora, fazer um pré-contrato para daqui a três anos – prometeu.