Nem tudo foi motivo de festa no sao joao de uaua - Portal Casa Nova - Notícias

Nem tudo foi motivo de festa no sao joao de uaua

Embora o público fiel aos eventos tradicionais tenha comparecido em massa ao circuito da festa no “Arraiá do Conselheiro” na Cidade de Uauá, o que se notou foi descontentamento com alguns métodos de organização do evento.

Acesso livre ao evento pelo público presente que se sentiu a vontade, literalmente. Bebidas vendidas em recipientes de vidro foi um artifício para uso de má fé caso houvesse uma briga ou algo mais grave. Sorte! Nossa Cidade é de um povo acolhedor de paz, e, com isso até os visitantes se sentem de certa forma Uauaenses em sua legitimidade festeira.

Embora haja irresponsabilidade pelo gestor e organizadores, os foliões estão de parabéns, por ter feito em sua grande alegria festeira um evento de paz e sucesso de seus principais merecedores de alegria anual no evento que une amigos e constrói novas amizades no sentido de fé acima de tudo.

Durante 03 (três dias) de festa do São João seu padroeiro, uauá uniu sua cultura a sua mais singela recíproca. Noites de encontro com artistas que se destacam na sua oportunidade de divulgar seu trabalho independentemente do público e gênero musical.  A homenagem nada mais que justa este ano, foi o tema que enleva ao ápice a memória do Rei do baião. Luiz Gonzaga.

Gonzaga foi lembrando no Arraiá do Conselheiro por pouco que tem conhecimento da sua importância no gênero da música nordestina Popular Brasileira. Porém os  poucos que entoaram sua canções são lembrados junto ao Rei que nos deu em seus versos e poesias nas suas canções a verdadeira história do Nordestino. 100 Anos de Gonzagão. Sem Luiz que está presente em suas representações musicais para sempre conosco e sempre será lembrado. Viva seu Luiz. Viva a Cultura. Viva Uauá. Nunca deixe de mudar. Mude para melhor.

fonte: novoblog adailtonsantana

Artigos relacionados

Deixe uma resposta