O programa Viva, desenvolvido pela prefeitura de Casa Nova, através das Secretarias municipais de Saúde, Educação e Assistência Social, contemplou centenas de pessoas, na última sexta-feira (25) e sábado (26), através da conscientização da população em geral, sobre os riscos que o uso das Drogas podem causar e do mutirão da saúde.

 

O evento contou também com a participação de Centros de Atenção Psicossocial (Caps), do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), do Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência (Proerd), da Policia Militar de Casa Nova, com aconselhamento jurídico, atendimento, visita domiciliar; palestras voltadas para a prevenção do uso de drogas nas escolas, o papel da família e a legislação atual que trata do problema como doença e não como crime. Participaram da ação professores, alunos, médicos, especialistas e policiais militares, através de ambientes temáticos.

 

De acordo com o Secretário Solon Xavier, o Programa promoveu um verdadeiro mutirão de saúde. “Foram realizados cerca de 900 atendimentos Médicos Clínicos, Gineco/obstetra, pediatra, odontológico e ultrassonografista, vacinação e atendimentos realizados por nutricionistas, Farmacêutica e Fisioterapeutas”, disse o secretário, destacando que o objetivo é levar o atendimento àquelas pessoas que tem dificuldade durante a semana para o atendimento porque tem outros compromissos.

Com 6 meses de gestação, Leidiane Silva comemora  a realização do exame de ultrassonografia. “Agora sei que meu bebê está bem desenvolvido, com saúde e que é uma menina e vai ser chamar Rebeca”, celebra a gestante.

 

Para o prefeito Orlando Xavier, o sucesso dos mutirões foi mais uma vez comprovado com a boa adesão da população. “Eu estou feliz por ver as pessoas atendidas nas especialidades que precisam principalmente as mulheres”, pontuou o prefeito, explicando que a unidade básica de saúde, realiza atendimento no interior do município, nas localidades que não possuem Unidades de Saúde para levar médico e odontológico para as pessoas que mais necessitam. “Ampliamos o número de Unidade Básica de Saúde de 2 para 10, adquirimos este ano uma unidade odontológica e iremos implantar a Academia da Saúde, pensamos sempre em dar maior assistência a saúde do população de Casa Nova”, concluiu o prefeito.

Lidiane Cavalcante

Ascom Casa Nova 

outras fotos