Quem trabalha com web provavelmente sabe que existe um mercado gigantesco e emergente de pessoas que estão comprando seu primeiro PC (ou smartphone) e começando a acessar a internet, mas que ainda não dominam este universo.

Porém, aqui cabe uma reflexão: será que as marcas estão pensando nesse público? Será que estão conseguindo (ou ao menos buscando) atingir essas pessoas?

Um case interessante para ilustrar essa reflexão é o novo portal Mundo Positivo. A Positivo percebeu que grande parte de seus consumidores eram pessoas que estavam comprando seu primeiro computador pessoal e, por isso, tinham dificuldades de acessar a internet e trabalhar com as funcionalidades básicas de um PC.

homepage do portal da marca já tinha muitos acessos, devido a um widget presente em seus computadores, que colocava a página como “porta de entrada” para a web, mas as páginas internas tinham pouco acesso. Pensando em manter o público em seu portal, a empresa resolveu reformulá-lo, buscando conteúdos relevantes para esse público.

Assim surgiu um portal onde podemos encontrar desde notícias diárias até vídeos sobre como tirar o computador da caixa e como criar seu perfil no Orkut.

Talvez haja, na internet, uma mina de diamantes brutos, apenas esperando para serem lapidados, mas pouquíssimos já se deram conta disso.