Com salários cortados, professores vendem frutas em 'Feira da Sobrevivência' - Portal Casa Nova - Notícias

Com salários cortados, professores vendem frutas em 'Feira da Sobrevivência'

Após decidirem pela manutenção do movimento grevista, que chega ao 22º dia nesta quarta-feira (2), os professores da rede estadual de ensino planejam um ato público nesta quinta (3), na Praça da Piedade, em Salvador. De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Bahia (APLB), Rui Oliveira, a mobilização tem o objetivo de “chamar a atenção da sociedade para as dificuldades que os professores estão passando”, após o corte nos salários dos grevistas. Em protesto, a categoria montará bancas na praça para vender frutas, verduras e legumes. “Já que o governador cortou nossos salários, vamos vender tomate, cebola, laranja, para conseguir arrecadar dinheiro e manter o movimento engajado”, explicou o presidente da APLB em entrevista ao Bahia Notícias. Os trabalhadores continuarão acampados na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) pelo menos até a próxima segunda (7), quando uma nova reunião acontece, às 9h, para avaliar o movimento e discutir os próximos passos. Até lá, segundo Oliveira, a paralisação está mantida.

Bahia Noticias

Artigos relacionados

Deixe uma resposta