Anatel determina que Oi adote medidas para reduzir número de interrupções

A Brasil Telecom e a Telemar, ambas do Grupo Oi de telefonia fixa terão que adotar medidas para reduzir em pelo menos 67% o total de interrupções na prestação de serviços nos estados da Bahia, do Pará e do Maranhão, em pelo menos 53% no Ceará, Piauí, Paraná, Minas Gerais e Amazonas. A determinação foi da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) diante da constatação da piora da qualidade na prestação do serviço de telefonia fixa em relação à quantidade e à duração das interrupções nos últimos anos. As medidas devem ser suficientes para reduzir em 60% a duração média das interrupções nos estados do Amazonas e do Pará e em 20% nos estados do Maranhão e da Bahia. A expectativa é que as metas sejam cumpridas entre maio e dezembro de 2012e têm como referência as interrupções ocorridas em 2011. A Anatel ainda determinou a regularização imediata da concessão de créditos a todos os usuários atingidos por qualquer interrupção na prestação do serviço. O descumprimento das determinações pode levar a multa de até R$ 20 milhões.