Os deputados estaduais Carlos Geilson, Luizinho Sobral,  e Coronel Gilberto Santana, todos os PTN, votaram a favor dos professores e contra o projeto proposto pelo governo que reajusta o salário dos professores da rede estadual, aprovado na noite desta terça-feira, 24, por 33 votos a 19. Dois deputados preferiram se abster da votação. Os professores estão em greve no estado.

Os professores estão contra o projeto aprovado pois, segundo a categoria, fere acordo assinado pelo governador ano passado. O projeto aprovado prevê aumento para professores não licenciados de R$ 1.187,98 para o estabelecido pelo piso nacional de R$ 1.451. De acordo com a categoria, o projeto torna a remuneração fixa, sem possibilidade de melhorar o salário com gratificações que passam a ser incorporadas aos vencimentos.

Deputados da oposição criticaram a aprovação do projeto pela maioria. Os professores, que acampam na Assembleia em protesto desde a semana passada, gritavam acusando deputados governistas de traição e pedindo justiça. Segundo o projeto aprovado, os professores terão reajuste de 3% em 2013 e 4% até 2014. A categoria pede um reajuste de 22,22%.

 

fonte:  http://www.joaocarlosbacelar.com.br/noticias/ptn-vota-a-favor-dos-professores/