Sem sustos, Corinthians vence a primeira - Portal Casa Nova - Notícias

Sem sustos, Corinthians vence a primeira

O Corinthians venceu a primeira na Libertadores 2012. Com uma vitória tranquila por 2 a 0 frente ao Nacional (PAR), o Timão chegou aos quatro pontos no grupo 6 e encostou no Cruz Azul (MEX), que tem seis. Danilo e Jorge Henrique marcaram e fizeram a festa dos mais de 30 mil corintianos presentes no Pacaembu.

O Corinthians foi para o duelo pressionado. Se já não bastava ser um jogo de Libertadores, obsessão corintiana, o Timão precisava da vitória em casa, já que empatou o primeiro duelo (contra o Táchira-VEN) e o Cruz Azul-MEX está com duas vitórias. O Nacional, que perdeu o primeiro duelo em casa para os mexicanos, precisavam pelo menos de um pontinho no Pacaembu.

O jogo

Na empolgação da torcida, os alvinegros começaram a partida ligados no 220. Nos 15 primeiros minutos, pressão para cima dos paraguaios. A melhor chance logo veio com Danilo. Após tabelar com Liedson, o camisa 20 saiu na cara do gol, mas chutou em cima de Inácio Don.

Conforme o tempo ia passando, o Nacional passou a equilibrar as ações e, com uma forte marcação com duas linhas de quatro jogadores na frente da sua área, não deixava o Timão assustar. No contra-ataque, os tricolores ainda incomodavam Julio Cesar.

Dos 30 minutos para frente, o Corinthians voltou a pressionar o adversário em busca do primeiro gol. A insistência teve recompensa imediata. Danilo, decisivo nos últimos jogos pelo Paulistão, entrou em ação e não perdoou. Após falha bizarra de Don, que deu rebote no chute fraco de Liedson, o camisa 20 limpou a marcação e fez a festa da Fiel torcida no Pacaembu aos 38.

Quando a segunda etapa começou, o Corinthians subiu a campo com o mesmo ânimo. Em busca do segundo gol, acabou dando alguns espaços para os paraguaios. Alex, que fazia um jogo ruim até então, acordou. Após dar belo passe para Jorge Henrique, pegou o rebote do cruzamento e quase fez o seu de primeira.

Vendo o tempo passar, o técnico Javier Torrente passou a colocar atacantes em sua equipe. Mas o balde de água fria ainda estava por vir. Aos 21 minutos, Edenilson fez linda jogada pela direita e cruzou. No segundo pau, Jorge Henrique só escorou de peito para a rede.

Com a vantagem no placar, o Corinthians passou a manter a posse de bola, dando poucas chances para o Nacional. Liedson, no segundo pau, ainda quase fez o terceiro, após chute firme e defesa do goleiro. Depois, o Timão, tranquilo, administrou o resultado e conquistou sua primeira partida na Libertadores 2012.

O Timão volta a campo pela competição, na próxima quarta-feira, contra o Cruz Azul, no México.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 2×0 NACIONAL (PAR)

CORINTHIANS: Julio Cesar, Edenílson, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Alex (Douglas, 34’/2ºT) Danilo e Jorge Henrique (Emerson, 40’/2ºT); Liedson (Elton, 34’/2ºT).Técnico: Tite.

NACIONAL (PAR): Don, Mazacotte, Miranda, Raúl Piris e Mendoza; Riveros, Vilarreal, Cáceres (Cano, 18’/2ºT) e D. Orué; A. Orué (Rodrigo Teixeira, 10’/2ºT) e González (Bogado, intervalo).Técnico: Javier Torrente.

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)

Data/hora: 7/3/2012 – 22h

Árbitro: Enrique Osses (CHI)

Auxiliares: Carlos Astroza e Juan Maturana (CHI)

Público e renda: 29.336 / R$ 1.829.930,00

GOLS: Danilo, 38’/1ºT (1-0); Jorge Henrique, 21’/2ºT (2-0)

Cartões amarelos: Leandro Castán e Fábio Santos (Corinthians)

 

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta