Na semana em que se comemora o dia Nacional do Idoso, celebrado no dia primeiro de outubro, a prefeitura de Casa Nova, através da Secretaria de Assistência Social, em parceria com o CRAS- Centro de Referência de Assistência Social, realizou uma intensa programação de atividades para a terceira idade, na quinta-feira (29), no Sítio Bela Vista.

 

Atividades lúdicas e de lazer, como dança de salão, momento de alongamento, Samba de Véio, distribuição de brindes e banho de piscina animou o grupo da terceira idade, durante as comemorações. Para a coordenadora do CRAS, Liliane Oliveira, quem tem idade mais avançada ainda sofre com violação de direitos por lei assegurados, discriminação e desrespeito. “É fácil percebermos isso em filas de banco, supermercado, por exemplo. O objetivo do evento é fortalecer a comunidade idosa na relação social e política, instrumentalizando-a e desenvolvendo a capacidade de cidadania de cada um”, destaca.

 

A aposentada Otaviana Castro, conta que sente-se feliz em participar do Grupo da Melhor Idades do CRAS. “Não tenho como agradecer a Deus por me dar forças para ainda realizar atividade produtiva. Nós, idosos, temos muita coisa boa para oferecer e as pessoas têm que nos dar o devido valor”, afirmou.

 

Desenvolvido semanalmente o Grupo da melhor Idade do CRAS, possui 30 idosos cadastrados que participam de palestras, brincadeiras atividades físicas e recreativas. “Hoje temos como objetivo integrar os idosos, fortalecendo vínculos através da realização de atividades recreativas”, comentou a secretária de Assistência Social, Maria do Carmo Ferreira.

 

Participaram do evento o grupo da melhor idade do CRAS, Grupo de Idosos Convivência Paz e Amor, Grupo da Melhor Idade de Santana do Sobrado, a ex-prefeita, Dagmar Nogueira e o prefeito Orlando Xavier, acompanhado de seus assessores e secretários.

 

 

Dia Nacional do Idoso


O Dia Nacional do Idoso foi estabelecido em 1999 pela Comissão de Educação do Senado Federal e serve para refletir a respeito da situação do idoso no País, seus direitos e dificuldades.

 

 

 

A população no mundo está ficando cada vez mais velha e, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), por volta de 2025, pela primeira vez na história, haverá mais idosos do que crianças no planeta.

 

O Brasil, que já foi celebrado como o país dos jovens, tem hoje cerca de 13,5 milhões de idosos, que representam 8% de sua população. Em 20 anos, o País será o sexto no mundo com o maior número de pessoas idosas.

mais fotos:

Lidiane Cavalcante

Ascom Casa Nova