Consolidar o Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e valorizar seus trabalhadores, este foi o tema da 1ª Conferência Municipal de Assistência Social de Casa Nova, realizou nos  dias 26 e  27, no Auditório da Escola Alano Viana de Araújo, que foi marcada por debates, eleição de Delegados e votação de propostas que serão apresentadas na 8ª Conferência Estadual de Assistência Social, em Salvador.

No evento, foram levantados quatro eixos temáticos que nortearam as discussões: Estratégias para estruturação da gestão do trabalho no SUAS; Reordenamento e qualificação dos serviços sociassistenciais;  Fortalecimento da participação do controle social; A centralização do SUAS na erradicação da extrema pobreza no Brasil.

Para o prefeito Orlando Xavier, a Conferência promove a participação da população no na execução das ações realizadas pela gestão. “O município se desenvolve com a participação popular”, declarou.

A Secretaria de Assistência Social, Maria do Carmo Ferreira, destaca que a assistência social promove a diminuição dos impactos de risco. “Implantamos inúmeros projetos para o beneficio de nossa comunidade e com a realização da conferência, os usuários, a comunidade e os trabalhadores conhecem a funcionalidade da assistência social no município e assim, organizados planejamos, em conjunto, para que possamos diminuir o índice de vulnerabilidade social”, disse.

De acordo com a representante do Ministério público, a Promotora Joseane Mendes Nunes, a realização da Conferência significa um grande marco para Casa nova. “Fico feliz por saber que Casa Nova desenvolve um trabalho efetivo na área social, promovendo a redução dos impactos e o melhoramento das atividades”, enfatizou.

 

A palestrante Maria José Soares, esclareceu que o Suas é um sistema público que organiza, de forma descentralizada, os serviços socioassistenciais. “Com um modelo de gestão participativa, ele articula os esforços e recursos dos três níveis de governo para a execução e o financiamento da Política Nacional de Assistência Social (PNAS), envolvendo diretamente as estruturas e marcos regulatórios nacionais, estaduais, e municipais. Por realizar um modelo de gestão partilhada e consolidada, Casa Nova recebe todos os programas para o desenvolvimento de novas políticas publicas”, esclareceu.

Durante a Conferência os participantes realizaram uma avaliação das ações desenvolvidas pela Secretaria de Assistência Social e propuseram as diretrizes para o aprimoramento da gestão do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) na perspectiva da valorização dos trabalhadores e da qualificação dos serviços, programas, projetos e benefícios e elegeram os representantes do município para a Conferência Estadual 2011.

Além dos funcionários da prefeitura, vereadores, participaram do evento, os usuários do SUAS, entidades governamentais e não governamentais e sociedade civil.