Sessão na Câmara de vereadores ocorre com oposição solicitando mais atenção do Prefeito aos educadores - Portal Casa Nova - Notícias

Sessão na Câmara de vereadores ocorre com oposição solicitando mais atenção do Prefeito aos educadores

Hoje na sessão da Câmara o tema mais discutido sem dúvida foi  o da atitude de os professores da rede municipal de ensino de Casa Nova, terem invadido a sede da Prefeitura, em busca de uma negociação com o Prefeito Orlando Xavier. Ainda não resolvida. Contudo, houve várias  citações  um tanto quanto comprometedoras por parte de alguns vereadores da Bancada de oposição ao Prefeito. Entre eles, o vereador “ Vadim”, que em seu pronunciamento se referia as ações da Prefeitura, relatando que pessoas ligadas ao prefeito estaria com uma “cota” de Casas Populares para distribuir a quem quisessem. Estaria fiscalizando para confirmar. Foi interrompido pelo Vereador  Pedro dos Santos, Segundo secretário, solicitando um tempo para se pronunciar. Concedida a palavra, O mesmo  se referiu a Orlando Xavier, acusando claramente o mesmo de ter  Ordenado  o desligamento de transmissores  geradores de sinal da TV São Francisco, e que, se o mesmo tinha cometido tal atitude, a reportagem certamente iria sair em “Rede Nacional”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Comments (2)

  1. Espero por parte dos vereadores eleitos pelo povo, como também do poder publico federal uma maior fiscalização com relação a todas as problemáticas existentes em nosso município no que se refere a EDUCAÇÃO. É uma vergonha essa realidade. Percebe-se claramente essa problemática em qualquer escola municipal, adentrando qualquer uma delas, verá a falta de material didático, estrutura física e a falta de merenda escolar.
    Cadê o dinheiro do FUNDEB?
    VEREADORES, colocamos vocês nessa função para trabalhar pelo POVO!

  2. A merenda escolar é sagrada para que os alunos tenham um melhor desempenho. Aluno com fome é aluno que não raciocina além da da barriga vazio. Político que rouba dinheiro da merenda e ainda desvaloriza o trabalho do professor. Merece mesmo é ir pra cadeia. É uma pena que em pleno século xxi ainda tenhamos que nos deparar com essa situação ridícula.